setembro 24, 2020

Capitão América: O Primeiro Vingador (Captain America: First Avenger, 2011) | Revisão

Depois de trazer duas histórias de origens competentes de seus personagens, a nova missão da Marvel era trazer seu herói mais importante para as telas, antes do grande evento que seria Os Vingadores no próximo ano . Capitão América é importante para entender a personalidade de Steve Rogers, uma pessoa extremamente ingênua, que mesmo ciente de suas condições, tem a coragem de querer contribuir na grande guerra.

É importante falar de Chris Evans primeiramente, que conseguiu se diferenciar de seus papéis anteriores, e trazer um Steve bem ingênuo e delicado, não perdendo seu semblante mesmo depois do experimento que daria seus poderes. E por falar nisso, que belíssimo trabalho de CG foi feito na substituição do rosto.

Outro problema que o filme enfrentaria, seria fugir da discussão sobre patriotismo exagerado, afinal, o Capitão é uma bandeira ambulante, e no ambiente da segunda guerra, isso se fortaleceria. Querendo ou não, o Capitão é apresentado como um símbolo patriota – seja no filme ou nos quadrinhos – para ajudar a arrecadar fundos para fortalecer os EUA na guerra, mas isso é rapidamente ofuscado nos eventos seguintes, trazendo uma equipe própria com membros de outros países, e fugindo o máximo da bandeira dos EUA – menos no uniforme, claro, senão o filme seria outro – que fica em segundo plano.

O filme não pretende se diferenciar dos filmes de guerra anteriores porém não decepciona, e segue uma linha simples, apenas adicionando os eventos dos quadrinhos, com boas cenas de ação em que o Capitão participa, na derrubada de quartéis da HIDRA. O vilão não poderia ser outro, o Caveira Vermelha, clássico vilão dos quadrinhos, com um Hugo Weaving excelente, é uma grande adição para o filme que se sustenta no seu desejo insaciável por poder e conquista. Depois de descobrirmos que o Tesseract é na verdade a Jóia do Espaço, fica claro que o Caveira não morreu, mas de alguma forma foi teletransportado para um outro planeta, com a possibilidade de ter reinstalado a HIDRA em outro canto do espaço, e uma opção para futuros filmes da Marvel ou do Capitão.

Todo o elenco, seja de apoio ou principal, tem sua importância, e todos os atores estão bons em seus papéis, alguns com tons cômicos que deixam o filme mais leve, tirando todo o trauma e drama de guerra, o que é bem aceitável se tratando de um filme com classificação de 12 anos.

Steve Rogers termina o filme como começou, sempre com sua coragem a frente de qualquer coisa, para ser encontrado 70 anos depois, e tentar se reintegrar ao mundo. É mais um grande filme de origem da Marvel, da gosto de rever.

Capitão América: O Primeiro Vingador (Captain America: First Avenger, 2011) | Revisão

  • Duração: 125 min.
  • Direção: Joe Johnston
  • Roteiro: Christopher Markus, Stephen McFeely
  • Elenco: Chris Evans , Hugo Weaving , Tommy Lee Jones , Hayley Atwell , Sebastian Stan ,Samuel L. Jackson , Dominic Cooper

Capitão América: O Primeiro Vingador (Captain America: First Avenger, 2011) | Revisão

9

Nota

9.0/10
%d blogueiros gostam disto: