Cloverfield – O Monstro (Cloverfield, 2008) | Crítica

Hollywood vive dos seus monstros, desde o começo do cinema, nos deparamos com as grandes ameaças em foma de seres extraterrestres que muitas das vezes tinham como objetivo a aniquilação da raça humana.  Em Cloverfield – O Monstro, temos uma espécie de invasão, em grande e destrutiva escala.

Confesso que não sou muito fã do estilo found footage, apesar de ter rendido filmes bons como A Bruxa de Blair, e esse Cloverfield. Mas foi uma ótima escolha para apresentar uma história de invasão com monstro gigante. Acompanhamos através da câmera na mão do personagem, desde o primeiro contato com a situação, até batalhas em terra e pelo ar. Matt Reeves é seguro na direção, deixando o desconhecido, o monstro em si, se aproximando aos poucos, deixando apenas rastros, para no primeiro contato direto com a criatura, o público também sinta o impacto da descoberta.

A destruição em alta escala ajuda para classificar a situação, não se tratava de um monstro que despertou de um acidente científico, mas sim de um ataque, dos grandes, do tipo que manda um tanque para destruir uma aldeia. Nas tentativas de destruir a criatura, acompanhamos todo esforço dos militares, nos encontros nas ruas, e até em ataques aéreos, todos mal sucedidos.

No meio de tanto desastre, quatro amigos encaram uma missão suicida de resgate, para encarar o poder das escolhas. Por mais que Cloverfield se preocupe em te mostrar toda a busca dos personagens, e no meio disso, toda luta contra o monstro, faltou mais controle de tela, apesar de eu gostar da direção, algumas cenas te deixam muito enjoados, então esteja preparado, caso não tenha visto.

O filme é uma grande surpresa, pode entrar na lista de bons filmes com monstros gigantes, e quando você finalmente encara o monstro, você sente que ele é bem trabalhado, e como toda boa invasão alienígena é o fim da liberdade, como mostra a capa.

Cloverfield – O Monstro (Cloverfield, 2008)

  • Duração: 84 min.
  • Direção: Matt Reeves
  • Roteiro: Drew Goddard
  • Elenco: Lizzy Caplan , Jessica Lucas , Odette Annable , Michael Stahl-David , Mike Vogel , T.J. Miller , Anjul Nigam 

Cloverfield - O Monstro (Cloverfield, 2008) | Crítica

9

Nota

9.0/10

Rafinha Santos

Depois de lutar ao lado de Aragorn na Terra Média, enfrentar a Matrix junto com Neo e salvar o planeta de novo junto com Os Vingadores, viajei para uma galáxia muito muito distante, e fiquei recluso no planeta Hoth por muitos anos, até saber que Luke Skywalker foi finalmente encontrado por uma menina chamada Rey. Aparentemente é o tempo dos Jedis acabarem... Porém, durante minha busca pelo último templo Jedi, minha nave deu pane de vim parar em outra galáxia. Nela, todas esses eventos que eu citei são mera ficção, e agora escrevo críticas sobre eles... É como Rick me diria: Não pense nisso!

%d blogueiros gostam disto: