sex. jan 24th, 2020

Globo de Ouro 2020 | Indicados

A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA) anunciou na manhã desta segunda-feira (09), os indicados ao Globo de Ouro 2020. Produzido pela Netflix, “História de Um Casamento”, de Noah Baumbach, lidera a lista, concorrendo como melhor Filme de Drama, melhor Atriz (Scarlett Johansson), melhor Ator (Adam Driver), melhor Atriz Coadjuvante (Laura Dern), melhor Roteiro e melhor Trilha Sonora. Em seguida estão “O Irlandês”, também da plataforma de streaming, e “Era Uma Vez em… Hollywood”, com cinco nomeações cada.

De Martin Scorsese, o primeiro aparece como melhor Filme de Drama, melhor Diretor, melhor Roteiro (Steven Zaillian) e melhores Atores Coadjuvantes, trazendo os veteranos Al Pacino e Joe Pesci de volta aos holofotes. Protagonista da trama de máfia, Robert De Niro não foi lembrado. Já o segundo, de Quentin Tarantino, indicado como melhor Diretor e Roteiro, é o favorito como melhor Filme de Comédia ou Musical. Seus dois astros, Leonardo DiCaprio e Brad Pitt, disputam nas categorias de melhor Ator de Comédia ou Musical e melhor Ator Coadjuvante.

Cena de “História de Um Casamento”. Foto Reprodução

Vencedor do Leão de Ouro do Festival de Veneza, “Coringa” chega ao Globo de Ouro com quatro indicações. Se inicialmente ele era um filme imbatível, agora suas chances parecem se concentrar mais na atuação de Joaquin Phoenix. Além de melhor Drama, Ator e Trilha Sonora, Todd Phillips está entre os cinco melhores Diretores. Do cineasta brasileiro Fernando Meirelles – e da Netflix –, “Dois Papas” surpreendeu ao emplacar quatro indicações: melhor Filme de Drama, melhor Ator (Jonathan Pryce), melhor Ator Coadjuvante (Anthony Hopkins) e melhor Roteiro.

Desde que saiu do Festival de Cannes com a Palma de Ouro, “Parasita”, de Bong Joon-ho, tem feito uma carreira de sucesso. Praticamente o melhor Filme Estrangeiro do ano, a produção sul-coreana concorre ainda como melhor Diretor e Roteiro. Também receberam três indicações: “1917”, de Sam Mendes (melhor Drama, Diretor e Trilha Sonora), “Entre Facas e Segredos” (melhor Comédia ou Musical, Daniel Craig como melhor Ator e Ana de Armas como Atriz) e “Rocketman” (melhor Comédia ou Musical, Taron Egerton como melhor Ator e melhor Canção).

Cena de “Era Uma Vez em… Hollywood”. Foto Reprodução

Do espanhol Pedro Almodóvar, “Dor e Glória” compete como melhor Filme Estrangeiro e melhor Ator de Drama (Antonio Banderas). Coprodução Estados Unidos/China, “The Farewell” e os franceses “Les Misérables” e “Retrato de uma Dama em Chamas” completam a categoria. Mesmo com ótimos representantes este ano, como “A Vida Invisível”, o cinema brasileiro não foi prestigiado pela Associação. Dentre as animações, a Disney domina com “Frozen 2”, “O Rei Leão” e “Toy Story 4”. Seus adversários são “Como Treinar o seu Dragão 3” e “Link Perdido”.

“Jojo Rabbit”, de Taika Waititi, saiu do Festival de Toronto com o prêmio do público. Porém, no Globo de Ouro foi lembrado apenas como melhor Filme de Comédia ou Musical e melhor Ator (Roman Griffin Davis). Greta Gerwig que poderia romper o domínio dos homens na categoria de Direção viu seu “Adoráveis Mulheres” ser nomeado apenas como melhor Atriz de Drama (Saoirse Ronan) e melhor Trilha Sonora. Por “O Escândalo”, Charlize Theron e Margot Robbie concorrem como melhor Atriz de Drama e melhor Atriz Coadjuvante, respectivamente.

Cena de “Coringa”. Foto: Reprodução

Apesar de estarem em filmes com apenas uma indicação, Renée Zellweger é no momento a favorita como Atriz de Drama, por “Judy”, e Jennifer Lopez, por “As Golpistas”, como Atriz Coadjuvante. Vale ressaltar ainda a presença de Christian Bale como Ator de Drama, por “Ford vs Ferrari”; Cynthia Erivo como Atriz de Drama, por “Harriet”; Eddie Murphy como Ator de Comédia ou Musical, por “Meu Nome é Dolemite”; Beanie Feldstein como Atriz de Comédia, por “Fora de Série”; e Tom Hanks, como Ator Coadjuvante, por “Um Lindo Dia na Vizinhança”.

Se nas categorias de cinema não houve maiores surpresas, as indicações de TV foram um tanto estranhas, ainda que nesta as mulheres tenham sido mais reconhecidas. “The Crown” e “Inacreditável”, ambas da Netflix, e “Chernobyl”, da HBO, lideram a lista com quatro indicações cada, incluindo como melhor Série de Drama para a primeira e melhor Minissérie para as demais. Grande vencedora do Emmy 2019, Phoebe Waller-Bridge está presente com sua “Fleabag” como melhor Série de Comédia, Atriz e melhor Ator Coadjuvante (Andrew Scott).

Cena de “Chernobyl”. Foto Reprodução

Com três indicações também aparecem os Dramas “Big Little Lies” e “Succession”, as Comédias “Barry” e “O Método Kominsky”, e a Minissérie “Fosse/Verdon”. “The Morning Show”, da iniciante Apple TV, concorre em Drama e melhores Atrizes com Jennifer Aniston e Reese Witherspoon. Ignorado no Emmy, “Catch-22” foi resgatada pelo Globo de Ouro como melhor Minissérie e melhor Ator. Já “The Politician” emplacou duas indicações, enquanto que a empoderada “Pose” ficou apenas com uma. As duas são criações de Ryan Murphy.

A controversa última temporada do fenômeno “Game of Thrones” recebeu apenas uma indicação, a de melhor Ator de Drama para Kit Harrington. Como de costume, em se tratando da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, a sensação é de que as nomeações, principalmente televisivas desta vez, foram mais focadas em desfile de celebridades do que propriamente em predicados. A ausência total de obras como “Olhos que Condenam”, da Netflix, “Euphoria”, “Watchmen” e “Years and Years”, da HBO, exemplificam bem isto.

Cena de “Fleabag”. Foto Reprodução

O anúncio foi apresentado pelos atores Tim Allen, Susan Kelechi Watson e Dakota Fanning. Em sua 77ª edição, a cerimônia de entrega do Globo de Ouro será no dia 05 de janeiro, no Beverly Hilton Hotel, em Beverly Hills. Pela quinta vez, Ricky Gervais será o anfitrião, prometendo trazer seu humor ácido para a festa. Segundo ele, será a última vez que fará isto, o que poderá deixar a noite ainda mais divertida. O canal pago TNT transmitirá o evento no Brasil na íntegra. A seguir, confira a lista completa com os indicados 2020 no Cinema e na Televisão.

CINEMA

Cena de “O Irlandês”. Foto Reprodução

Melhor Filme – Drama

“1917”

“Coringa”

“Dois Papas”

“História de Um Casamento”

“O Irlandês”

 

Melhor Atriz – Filme de Drama

Cynthia Erivo – “Harriet”

Saoirse Ronan – “Adoráveis Mulheres”

Scarlett Johansson – “História de um Casamento”

Charlize Theron – “O Escândalo”

Renée Zellweger – “Judy”

Cena de “Dois Papas”. Foto Reprodução

Melhor Ator – Filme de Drama

Christian Bale – “Ford vs Ferrari”

Antonio Banderas – “Dor e Glória”

Adam Driver – “História de Um Casamento”

Joaquin Phoenix – “Coringa”

Jonathan Pryce – “Dois Papas”

 

Melhor Filme – Musical ou Comédia

“Entre Facas e Segredos”

“Era Uma Vez em… Hollywood”

“Jojo Rabbit”

“Meu Nome é Dolemite”

“Rocketman”

Cena de “Judy”. Foto Reprodução

Melhor Atriz – Musical ou Comédia

Ana de Armas – “Entre Facas e Segredos”

Awkwafina – “The Farewell”

Cate Blanchett – “Cadê Você, Bernadette?”

Beanie Feldstein – “Fora de Série”

Emma Thompson – “Late Night”

 

Melhor Ator – Musical ou Comédia

Daniel Craig – “Entre Facas e Segredos”

Roman Griffin Davis – “Jojo Rabbit”

Leonardo DiCaprio – “Era Uma Vez em… Hollywood”

Taron Egerton – “Rocketman”

Eddie Murphy – “Meu Nome é Dolemite”

 

Melhor Filme de Animação

“Como Treinar o seu Dragão 3”

“Frozen 2”

“Link Perdido”

“O Rei Leão”

“Toy Story 4”

Cena de “Parasita”. Foto: Reprodução

Melhor Filme Estrangeiro

“Dor e Glória” (Espanha)

“The Farewell” (Estados Unidos/China)

“Les Misérables” (França)

“Parasita” (Coreia do Sul)

“Retrato de uma Dama em Chamas” (França)

 

Melhor Atriz Coadjuvante

Kathy Bates – “O Caso Richard Jewell”

Annette Bening – “O Relatório”

Laura Dern – “História de Um Casamento”

Jennifer Lopez – “As Golpistas”

Margot Robbie – “O Escândalo”

 

Melhor Ator Coadjuvante

Tom Hanks – “Um Lindo Dia na Vizinhança”

Anthony Hopkins – “Dois Papas”

Al Pacino – “O Irlandês”

Joe Pesci – “O Irlandês”

Brad Pitt – “Era Uma Vez em… Hollywood”

Cena de “As Golpistas”. Foto Reprodução

Melhor Diretor

Bong Joon-ho – “Parasita”

Sam Mendes – “1917”

Todd Phillips – “Coringa”

Martin Scorsese – “O Irlandês”

Quentin Tarantino – “Era Uma Vez em… Hollywood”

 

Melhor Roteiro

Noah Baumbach – “História de Um Casamento”

Bong Joon-ho e Han Jin-won – “Parasita”

Anthony McCarten – “Dois Papas”

Quentin Tarantino – “Era uma Vez em… Hollywood”

Steven Zaillian – “O Irlandês”

Cena de “1917”. Foto Reprodução

Melhor Trilha Sonora

Daniel Pemberton – “Brooklyn – Sem Pai Nem Mãe”

Alexandre Desplat – “Adoráveis Mulheres”

Hildur Guðnadóttir – “Coringa”

Thomas Newman – “1917”

“Randy Newman – História de Um Casamento”

 

Melhor Canção Original

“Beautiful Ghosts” – Música & Letra por Andrew Lloyd Webber e Taylor Swift – “Cats”

“(I’m Gonna) Love Me Again” – Música por Elton John e Letra por Bernie Taupin – “Rocketman”

“Into the Unknown” – Música & Letra por Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez – “Frozen 2”

“Spirit” – Música & Letra por Timothy McKenzie, Ilya Salmanzadeh e Beyoncé – “O Rei Leão”

“Stand Up” – Música & Letra por Joshuah Brian Campbell e Cynthia Erivo – “Harriet”

 

TELEVISÃO

Cena de “The Crown”. Foto Reprodução

Melhor Série – Drama

“Big Little Lies”

“The Crown”

“Killing Eve”

“The Morning Show”

“Succession”

 

Melhor Atriz em Série de Drama

Jennifer Aniston – “The Morning Show”

Olivia Colman – “The Crown”

Jodie Comer – “Killing Eve”

Nicole Kidman – “Big Little Lies”

Reese Witherspoon – “The Morning Show”

 

Melhor Ator em Série de Drama

Brian Cox – “Succession”

Kit Harrington – “Game of Thrones”

Rami Malek – “Mr. Robot”

Tobias Menzies – “The Crown”

Billy Porter – “Pose”

Cena de “Inacreditável”. Foto Reprodução

Melhor Série – Comédia

“Barry”

“Fleabag”

“The Marvelous Mrs. Maisel”

“O Método Kominsky”

“The Politician”

 

Melhor Atriz em Série de Comédia

Cristina Applegate – “Disque Amiga para Matar”

Kirsten Dunst – “On Becoming God in Central Florida”

Rachel Brosnahan – “The Marvelous Mrs. Maisel”

Natasha Lyonne – “Boneca Russa”

Phoebe Waller-Bridge – “Fleabag”

 

Melhor Ator em Série de Comédia

Michael Douglas – “O Método Kominsky”

Bill Hader – “Barry”

Ben Platt – “The Politician”

Paul Rudd – “Cara x Cara”

Rami Yousef – “Rami”

Cena de “Fosse/Verdon”. Foto Reprodução

Melhor Minissérie ou Telefilme

“Catch-22”

“Chernobyl”

“Fosse/Verdon”

“Inacreditável”

“The Loudest Voice”

 

Melhor Atriz em Minissérie

Kaitlyn Dever – “Inacreditável”

Joey King – “The Act”

Helen Mirren – “Catherine the Great”

Michelle Williams – “Fosse/Verdon”

Merritt Wever – “Inacreditável”

 

Melhor Ator em Minissérie

Chris Abbott – “Catch-22”

Sacha Baron Cohen – “O Espião”

Russell Crowe – “The Loudest Voice”

Jared Harris – “Chernobyl”

Sam Rockwell – “Fosse/Verdon”

Cena de “The Morning Show”. Foto Reprodução

Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme

Patricia Arquette – “The Act”

Helena Bonham Carter – “The Crown”

Toni Collette – “Inacreditável”

Meryl Streep – “Big Little Lies”

Emily Watson – “Chernobyl”

 

Melhor Ator Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme

Alan Arkin – “O Método Kominsky”

Kieran Culkin – “Succession”

Andrew Scott – “Fleabag”

Stellan Skarsgard – “Chernobyl”

Henry Winkler – “Barry”

%d blogueiros gostam disto: