setembro 26, 2020

Homem de Ferro (Iron Man, 2008) | Revisão

Homem de ferro representa muito do que a Marvel estava planejando para o futuro, e quem sabe, na sua possível franquia, que na época seria um grande tiro no escuro, poderia dar muito errado, mas é possível observar vários ganchos, apresentando S.H.I.E.L.D logo no primeiro filme e depois a aparição de Nick Fury nas cenas pós-créditos, que seria sua marca registrada.

Voltando no tempo, lá em 2008, a aposta poderia custa caro para a Marvel, e é notável o quanto eles já tinham em mente todo seu panejamento, sendo assim, depois de contratar um diretor corajoso e um ator competente, nascia o grande Homem de Ferro. A missão era de Jon Fraveau, que insistiu em ter Robert Downey Jr. para o papel de Tony Stark, e a escolha não poderia ter sido outra.

Homem de Ferro conta a origem de Tony Stark, grande fabricante de armas que é sequestrado por terroristas para criar uma de suas bombas mais devastadoras. Sendo assim, Tony e Yinsen planejam sua fuga no que seria a Mark 1. Logo Tony aprende sobre o quanto o controle de armas é mínimo e que suas bombas, a princípio para manter a paz – mesmo que a paz venha através do caos, o que deixava tudo contraditório – estaria sendo utilizada pelos terroristas. Gerando um conflito de interesses com o sócio Obadiah Stane.

Construir uma arma – a armadura é sim uma grande arma – para combater terrorismo é outra decisão contraditória, porém era a única coisa em que Tony se mostrava realmente bom. Logo nasceria a Mark 3, e o visual do Homem de Ferro estaria completo. Jon Fraveau trás uma direção competente, com boas cenas dos primeiros vôos de Tony na armadura, deixando um tom bem aventuresco. O humor que viria ser característica principal dos filmes da Marvel, também era traçado nesse início de franquia, com as tiradas certeiras de Tony, traços de sua personalidade e os primeiros sinais de romance com Pepper Potts.

Mesmo que no futuro o grande problema da Marvel seja seus vilões, Jeff Bridges consegue ser competente em seu Obadiah Stane, com uma grande imponência de um executivo poderoso. Apesar de a história do “vilão ter a mesma armadura do herói” ser meio furada, na minha opinião, como origem, funciona bastante, as cenas de ação com as armaduras são muito boas.

E assim acompanhamos Tony aprender com seus erros e evoluir, desde suas armaduras até sua personalidade, que amadurece conforme o tempo, mas amadurece do jeito dele. Vemos o quanto sua armadura ainda iria evoluir, desde sua montagem, até seus artifícios. Homem de Ferro não foi só um sucesso, mas também um grande início para a franquia.

Também ta fazendo revisão dos filmes da Marvel? Então comenta aí e usa a hashtag #rumoaguerrainfinita

Homem de Ferro (Iron Man, 2008)

  • Duração: 126 min.
  • Direção: Jon Favreau
  • Roteiro: Mark Fergus, Hawk Ostby, Art Marcum, Matt Holloway
  • Elenco: Robert Downey Jr. , Terrence Howard , Jeff Bridges , Gwyneth Paltrow , Leslie Bibb ,Shaun Toub , Faran Tahir

Homem de Ferro (Iron Man, 2008) | Revisão

9

Nota

9.0/10
%d blogueiros gostam disto: