Oscar 2019 | Indicados

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood revelou nesta terça-feira (22/01), os indicados ao Oscar 2019. “Roma” e “A Favorita” lideram a lista com 10 nomeações cada. Do mexicano Alfonso Cuarón, o primeiro é um dos nomes mais fortes da temporada. Além de melhor Filme, o drama autobiográfico concorre como Filme Estrangeiro, Direção, Roteiro Original, Edição de Som, Mixagem de Som, Fotografia, Design de Produção e, surpreendentemente, como Atriz (Yalitza Aparicio) e Atriz Coadjuvante (Marina De Tavira).

Ainda que seja uma obra-prima, a ovação a “Roma” me parece ser uma forma da indústria do cinema se posicionar diante do atual presidente norte-americano e a construção do muro na fronteira dos Estados Unidos com o México. Também é representativo para a Netflix que finalmente conseguiu quebrar algumas barreiras quanto à forma de distribuição de filmes. Cuarón já tem um Oscar de Direção por “Gravidade” (2013) e se ganhar outro irá se igualar ao seu compatriota e amigo Alejandro G. Iñárritu, de “Birdman” (2014) e “O Regresso” (2015).

Alfonso Cuarón dirige Yalitza Aparicio em “Roma”. Foto: Reprodução

De Yorgos Lanthimos, o segundo mais indicado começou fazendo jus ao seu título, porém, foi perdendo força. O drama histórico disputa como melhor Filme, Diretor, Atrizes Coadjuvantes (Emma Stone e Rachel Weisz), Roteiro Original, Edição, Design de Produção, Fotografia, Figurino e Atriz (Olivia Colman). Uma das maiores concorrentes desta –, além de Glenn Close, por “A Esposa” –, é Lady Gaga, cujo “Nasce Uma Estrela” aparece em seguida com oito indicações, incluindo melhor Filme. Mesmo que não leve na categoria de atuação, sua vitória como melhor Canção Original está praticamente garantida com a contagiante “Shallow”.

Bradley Cooper não foi lembrado em sua estreia como Diretor, mas foi nomeado como Ator e Roteiro Adaptado. As outras três indicações do drama musical são de melhor Ator Coadjuvante (Sam Elliott), Mixagem de Som e Fotografia. Também com oito, a sátira política “Vice”, de Adam McKay, concorre como Filme, Direção, Roteiro Original, Ator (Christian Bale), Atriz Coadjuvante (Amy Adams), Ator Coadjuvante (Sam Rockwell, vencedor do ano passado por “Três Anúncios para Um Crime”), Edição e Maquiagem & Cabelo.

Bradley Cooper e Lady Gaga em cena de “Nasce Uma Estrela”. Foto: Reprodução

Fazendo História na Academia, “Pantera Negra” se tornou a primeira obra de super-herói a ser indicada como melhor Filme. E não foi apenas como este que ele foi lembrando, mas também como melhor Trilha Sonora, Canção Original (“All The Stars”), Mixagem de Som, Edição de Som, Design de Produção e Figurino. Inexplicavelmente, a produção não aparece na categoria de Efeitos Visuais que é uma das mais estranhas desta edição com concorrentes questionáveis. Ao menos, o time da Marvel está bem representado com “Vingadores: Guerra Infinita”.

Com seis indicações, “Infiltrado na Klan” é um dos oito postulantes a melhor Filme. Apesar de ser um veterano, já tendo recebido um Oscar honorário, Spike Lee compete pela primeira vez como Diretor. Também concorre como melhor Roteiro Adaptado. Prefiro a atuação de John David Washington, porém, quem emplacou foi Adam Driver como melhor Ator Coadjuvante. As demais categorias são de Edição e Trilha Sonora, esta última sem maior justificativa. Com cinco indicações aparecem os dois concorrentes mais polêmicos da temporada.

Mahershala Ali e Viggo Mortensen na estrada de “Green Book – O Guia”. Foto: Reprodução

Vencedor do prêmio do Sindicato dos Produtores (PGA), “Green Book – O Guia” é neste momento o candidato a ser superado, apesar de ser alvo de uma campanha difamatória. Mais conhecido por comédias como “Débi & Lóide” (1994) e “Quem Vai Ficar com Mary?” (1998), Peter Farrelly foi ignorado como Diretor, mas disputa como melhor Filme e Roteiro Original. O drama racial pode dar o segundo Oscar de Ator Coadjuvante para Mahershala Ali. Já Viggo Mortensen concorre pela terceira vez como Ator. A quinta nomeação é de Edição.

“Bohemian Rhapsody”, ou “o filme do Queen” como ficou conhecido no Brasil, superou os problemas nos bastidores, como a saída misteriosa de Bryan Singer da direção, para se tornar um sucesso estrondoso nas bilheterias e um azarão na temporada de prêmios. Ganhador do Globo de Ouro de melhor Filme de Drama e de melhor Ator, ele chega ao Oscar disputando o prêmio principal e com chances de fazer o novato Rami Malek tirar a estatueta de Christian Bale. As demais indicações são de melhor Edição, Mixagem de Som e Edição de Som.

Rami Malek no filme do Queen, “Bohemian Rhapsody”. Foto: Reprodução

Presentes em quatro categorias estão “O Primeiro Homem”, de Damien Chazelle, e “O Retorno de Mary Poppins”; e com três, “The Ballad of Buster Scruggs”, dos irmãos Joel & Ethan Coen, “Se a Rua Beale Falasse”, com chances de Regina King ficar com o Oscar de Atriz Coadjuvante, e “Poderia me Perdoar?”. Por este último, Melissa McCarthy concorre como Atriz e Richard E. Grant como Ator Coadjuvante. Sem surpresas, os indicados a melhor Animação foram os mesmos do Globo de Ouro, com “Homem-Aranha no Aranhaverso” sendo o favorito diante de “Os Incríveis 2”, “Ilha dos Cachorros”, “WiFi Ralph” e “Mirai”.

Na categoria de melhor Filme Estrangeiro, além de “Roma”, vale destacar a presença de “Guerra Fria” e “Nunca Deixe de Lembrar”. Em preto e branco, o primeiro é do polonês Pawel Pawlikowski que venceu em 2015 com “Ida”. Ele ainda concorre como melhor Diretor e Fotografia. O segundo vem da Alemanha e também disputa como melhor Fotografia. Seu diretor, Florian Henckel von Donnersmarck, já tem um Oscar por “A Vida dos Outros (2006). Completam a categoria o japonês “Assunto de Família” e o libanês “Cafarnaum”.

“Guerra Fria” representa a Polônia no Oscar. Foto: Reprodução

O anúncio das indicações ao Oscar 2019 foi feito pelos atores Kumail Najiani e Tracee Ellis Ross na manhã de hoje. Em sua 91ª edição, a cerimônia de entrega dos prêmios da Academia será no dia 24 de fevereiro, no Dolby Theater, em Los Angeles. Pela primeira vez em 30 anos sem um anfitrião, a expectativa é que astros e estrelas passem pelo palco da maior festa do cinema mundial. A transmissão no Brasil será feita pelo canal pago TNT, na íntegra, e pela Globo. A seguir, confira a lista completa com os nomeados. Faça suas apostas!

.

Melhor Filme

“Pantera Negra”

“Infiltrado na Klan”

“Bohemian Rhapsody”

“A Favorita”

“Green Book – O Guia”

“Roma”

“Nasce Uma Estrela”

“Vice”

.

Melhor Direção

Spike Lee – “Infiltrado na Klan”

Alfonso Cuarón – “Roma”

Pawel Pawlikowski – “Guerra Fria”

Yorgos Lanthimos – “A Favorita”

Adam McKay – “Vice”

.

De Yorgos Lanthimos, “A Favorita”, com Olivia Colman e Rachel Weisz. Foto Reprodução

Melhor Ator

Bradley Cooper – “Nasce Uma Estrela”

Christian Bale – “Vice”

Rami Malek – “Bohemian Rhapsody”

Viggo Mortensen – “Green Book – O Guia”

Willem Dafoe – “No Portal da Eternidade”

.

Melhor Atriz

Lady Gaga – “Nasce Uma Estrela”

Glenn Close – “A Esposa”

Olivia Colman – “A Favorita”

Melissa McCarthy – “Poderia Me Perdoar?”

Yalitza Aparicio – “Roma”

.

Melhor Ator Coadjuvante

Mahershala Ali – “Green Book – O Guia”

Adam Driver – “Infiltrado na Klan”

Sam Elliott – “Nasce Uma Estrela”

Richard E. Grant – “Poderia Me Perdoar?”

Sam Rockwell – “Vice”

.

Melhor Atriz Coadjuvante

Amy Adams – “Vice”

Marina De Tavira – “Roma”

Regina King – “Se a Rua Beale Falasse”

Emma Stone – “A Favorita”

Rachel Weisz – “A Favorita”

.

Christian Bale e Amy Adams formam um casal em “Vice”. Foto: Reprodução

Melhor Roteiro Original

Deborah Davis e Tony McNamara – “A Favorita”

Alfonso Cuarón – “Roma”

Adam McKay – “Vice”

Peter Farrelly e Brian Hayes Curie – “Green Book – O Guia”

Paul Schrader – “No Coração da Escuridão”

.

Melhor Roteiro Adaptado

Joel Coen & Ethan Coen – “The Ballad of Buster Scruggs”

Nicole Holofcener e Jeff Whitty – “Poderia Me Perdoar?”

Barry Jenkins – “Se a Rua Beale Falasse”

Eric Roth, Bradley Cooper & Will Fetters – “Nasce Uma Estrela”

Charlie Wachtel, David Rabinowitz, Kevin Willmott e Spike Lee – “Infiltrado na Klan”

.

Melhor Filme em Língua Estrangeira

“Nunca Deixe de Lembrar” (Alemanha)

“Assunto de Família” (Japão)

“Cafarnaum” (Líbano)

“Roma” (México)

“Guerra Fria” (Polônia)

.

Melhor Trilha Sonora

Ludwig Goransson – “Pantera Negra”

Nicholas Britell – “Se a Rua Beale Falasse”

Alexandre Desplat – “Ilha dos Cachorros”

Terence Blanchard – “Infiltrado na Klan”

Marc Shaiman – “O Retorno de Mary Poppins”

.

Spike Lee orienta Adam Driver em “Infiltrado na Klan”. Foto: Reprodução

Melhor Canção Original

“All The Stars” – “Pantera Negra”

“I’ll Fight” – “RBG”

“The Place Where Lost Things Go” – “O Retorno de Mary Poppins”

“Shallow” – “Nasce Uma Estrela”

“When a Cowboy Trades His Spurs For Wings” – “The Ballad Of Buster Scruggs”

.

Melhor Documentário

“Free Solo”

“Hale County This Morning, This Evening”

“Minding the Gap”

“Of Fathers and Sons”

“RBG”

.

Melhor Mixagem de Som

“Pantera Negra”

“Roma”

“ Bohemian Rhapsody”

“O Primeiro Homem”

“Nasce Uma Estrela”

.

Melhor Edição de Som

“Pantera Negra”

“Bohemian Rhapsody”

“O Primeiro Homem”

“Roma”

“Um Lugar Silencioso”

.

Cena do favorito “Homem-Aranha no Aranhaverso”. Foto: Reprodução

Melhor Animação

“Os Incríveis 2”

“Ilha dos Cachorros”

“Mirai”

“WiFi Ralph: Quebrando a Internet”

“Homem-Aranha no Aranhaverso”

.

Melhor Edição

Barry Alexander Brown – “Infiltrado na Klan”

John Ottman – “Bohemian Rhapsody”

Yorgos Mavropsaridis – “A Favorita”

Patrick J. Don Vito – “Green Book – O Guia”

Hank Corwin – “Vice”

.

Melhor Design de Produção

“Pantera Negra”

“A Favorita”

“O Primeiro Homem”

“Roma”

“O Retorno de Mary Poppins”

.

Melhor Fotografia

Lukasz Zal – “Guerra Fria”

Robbie Ryan – “A Favorita”

Alfonso Cuarón – “Roma”

Matthew Libatique – “Nasce Uma Estrela”

Caleb Deschanel – “Nunca Deixe de Lembrar”

.

Melhores Efeitos Visuais

“Vingadores: Guerra Infinita”

“Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível”

“O Primeiro Homem”

“Jogador Nº 1”

“Han Solo: Uma História Star Wars”

.

Michael B. Jordan e Chadwick Boseman em “Pantera Negra”. Foto: Reprodução

Melhor Figurino

Mary Zophres – “The Ballad of Buster Scruggs”

Ruth Carter – “Pantera Negra”

Sandy Powell – “A Favorita”

Sandy Powell – “O Retorno de Mary Poppins”

Alexandra Byrne – “Duas Rainhas”

.

Melhor Maquiagem & Cabelo

“Border”

“Vice”

“Duas Rainhas”

.

Melhor Curta-Metragem

“Detainment”

“Fauve”

“Mother”

“Marguerite”

“Skin”

.

Melhor Curta de Documentário

“Black Sheep”

“End Game”

“Lifeboat”

“A Night at the Garden”

“Period. End of Sentence.”

.

Melhor Curta de Animação

“Animal Behaviour”

“Bao”

“Late Afternoon”

“One Small Step” “Weekends”

Moisés Evan

Formado em Jornalismo, acredito na cartilha de "The Post", e também em Publicidade, mas sem a intenção de fazer "Três Anúncios para Um Crime". Como "Lady Bird", ao alçar voo para outras bandas, cheguei até aqui. Tem horas que o mundo parece nos envolver numa "Trama Fantasma" ou nos colocar numa enrascada como em "Dunkirk". Não vou mudar "O Destino de Uma Nação" escrevendo sobre o que mais amo, mas sempre que eu postar, espero que você "Corra!" para ler e não tenha receio de comentar e/ou discordar. "Me Chame Pelo Seu Nome"? Melhor não. Mas pode ser pôr @sr.lanterninha. Vivo num mundo de sonhos e monstros e um dia hei de descobrir "A Forma da Água" em seu estado mais bruto e belo.

%d blogueiros gostam disto: