dezembro 1, 2020

The Mandalorian – Crítica (Sem Spoiler)

The Mandalorian chegou ao final de sua temporada não só estabelecendo a alta potencia dos originais Disney+, mas também deixando os espectadores com mais esperança acerca dos futuros projetos de Star Wars para o serviço streaming. Agora, a saga será focada em séries e com The Mandalorian, podemos ter uma visão mais otimista sobre essa escolha da Lucafilms.

Para começar, The Mandalorian explora diferentes toques ao longo dos episódios. Cada diretor cria uma identidade diferente para cada aventura do mandaloriano sem, necessariamente, quebrar a conexão entre cada produção. Sem contar que agora foram inseridas mulheres chefiando as produções e Debora Chow foi a responsável por dois dos melhores episódios da temporada. Com o decorrer da temporada, a história principal envolvendo Mando e o famoso Baby Yoda levemente se dispersou em episódios que não necessariamente eram importantes para o desenrolar na narrativa. Entretanto, a alta qualidade da produção ainda assim torna, mesmo esses episódios “fillers”, muito interessantes principalmente pela sua fotografia que remete ao velho oeste.

A escolha para esse tipo de cinematografia se deve a essa nova temática explorada em live action do universo de Star Wars, que explora os submundos da galáxia. Mando é um caçador de recompensas e a galáxia está se desgrudando das garras do Império, uma narrativa que foge um pouco da mesma história dos nove filmes envolvendo a Força e a família Skywalker – um pouco, ainda temos a curiosa presença do Baby Yoda que futuramente será explorada sua possível origem.

Não só a fotografia e o design de produção enchem os olhos, mas a trilha sonora preenche cada episódio com um toque épico e, ao mesmo tempo, dinâmico. Principalmente o último episódio, sob a direção de Taika Waititi, há uma mistura dinâmica entre o drama e o cômico, trazendo cenas de ação que unem efeitos práticos com CGI – que, aliás, foi uma ótima escolha durante a temporada inteira – com uma trilha sonora pontual e cativante. Sem contar o roteiro que segue sendo coerente com sua proposta e não busca abordar elementos de forma forçada ou sem sentido, apenas por fanservice.

The Mandalorian certamente foi uma surpresa não só para os fãs da saga, mas também para os espectadores em geral. É uma série com um bom futuro pela frente que deixou o mundo com boas expectativas para a segunda temporada.

%d blogueiros gostam disto: